26 de mai de 2016

Nós precisamos conversar: sororidade

                                                                                                          Crédito: Tumblr

Muitos de vocês, como eu há um tempo, talvez nunca ouviram falar sobre o termo "sororidade". A definição dele, em dicionários como o InFormal, é que sororidade significa um pacto feito entre as mulheres que são reconhecidas irmãs, sendo uma dimensão ética, política e prática do feminismo contemporâneo.

A verdade é que essa palavra realmente significa isso, mas o que nós precisamos conversar é sobre toda essa grandeza, que foi dita em palavras lindas e rebuscadas, ser colocada em prática. 

Não da para continuar vestindo a camisa do feminismo, enquanto que ao uma menina que você não gosta se aproximar de você, os xingamentos como "vagabunda" e outros ainda piores, estarem ali, para diminuir a garota. 

O problema não é não gostar de alguém, afinal, ninguém gosta de todo mundo, mas é desgostar de uma mulher com argumentos relacionados ao gênero dela. Isso porque todos essas palavras são carregadas de sentidos pejorativos de uma construção social que diz que só o fato de uma mulher ser mulher já é ruim.

A sororidade surgiu para nos lembrar que o importante não é sermos melhores umas que as outras, como a sociedade tentou impor sobre nós, mas sermos melhores umas com as outras. A essência é ser a melhor em dar a mão para a mulher mais próxima a mim, e ajuda-la a enxergar que as minhas palavras não são para critica-la, mas para serem um apoio, como nesse gif maravilhoso que representa tão bem essa irmandade em progresso.

O troféu de toda a nossa história não deveria ser o cara que você conseguiu conquistar, enquanto você lutava bravamente com a outra menina, ou a vaga de emprego que você conseguiu ocupar, enquanto esculachava a sua concorrente com os piores defeitos dela; ele deveria ser sobre quantas mulheres você conseguiu impulsionar para enxergar o mesmo céu estrelado, lindo, que você enxergou. Deveria ser sobre querer muito dar as mesmas oportunidades e com certeza, melhores, para todas aquelas que estão perto ou longe de você, porque sentir na pele a dor dessa luta, todas nós sabemos, umas mais, outras menos, mas todas.

Se precisar de um empurrãozinho, estou aqui, ok, mana? 

Alice Arnoldi
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©